fbpx
(31) 3295-3425 (31) 99449-7090

Pesquisa: Panorama do Treinamento e Desenvolvimento no Brasil

Há 14 anos, a pesquisa o Panorama do Treinamento no Brasil auxilia os profissionais de RH com indicadores consistentes para a gestão do T&D nas empresas.

T&D é uma realidade que já não oscila tão facilmente com a economia, e conteúdos de comunicação serão a prioridade para o próximo ano. Veja um resumo da Pesquisa no vídeo abaixo:

Revista Panorama de T&D 2019 / 2020

Depois de todo esse levantamento de recursos e ações de T&D que vêm sendo praticados pelas empresas brasileiras, você encontrará, na pesquisa, dividida em três seções – Investimento e Eficácia da Área de T&D; Métricas de Ações de T&D por Público, Conteúdo, Meios e Métodos; e Resultados –, parâmetros de eficiência e de resultados recortados como índices próximos da realidade de sua empresa, seja por porte, seja por setor de atuação – variáveis determinantes na hora de definir suas metas, ações e objetivos de T&D.

Veja os critérios preferenciais que as empresas utilizam para definir sua verba anual de T&D, sendo que a percentagem é relativa ao número de empresas respondentes que o priorizam.

Um grande diferencial da GPDH nesse sentido é PERSONALIZAÇÃO dos Programas de Treinamento e Desenvolvimento, de forma que eles atendam as necessidades específicas de cada empresa dentro de cada mercado.

Outra constatação importante da Pesquisa é que a forma de entrega dominante nos mercados é o Treinamento Presencial. Isso coloca mais uma vez a GPDH em destaque, pois nosso foco está justamente no Desenvolvimento de Pessoas de forma presencial, com aprendizado formal, social e no local de trabalho.

Veja um resumo da Pesquisa por Setor:

Indústria

É o setor que mais investe em T&D, seja por colaborador, seja em números absolutos. É também o que tem práticas de T&D mais estruturadas, mais tem universidades corporativas e menos absenteísmo. Tem como prioridade os não líderes; é o setor que menos está fazendo EAD e o que mais utiliza avaliações de desempenho.

Serviço

É o setor em segunda colocação em investimentos em T&D em números absolutos ou por colaborador e o com maior volume de horas de T&D por colaborador. É o que mais utiliza tecnologias para gestão do conhecimento; o que mais tem absenteísmo e o que menos tem verba anual de T&D definida. É também o setor que mais avalia a aplicabilidade de suas ações de T&D.

Comércio

É o setor que menos investe em T&D e que tem menos estrutura nessa área. Tem as lideranças como prioridade em suas ações de T&D, e, para elas, Treinamento Comportamental. Suas prioridades, seja em conteúdo, seja em indicadores de resultados, são as vendas. É o setor que mais avalia os resultados de suas ações de T&D (nível 4 e 5) e que, por um lado, menos utiliza ações de T&D no local de trabalho e, por outro, mais utiliza a metodologia da mentoria. A grande oportunidade para as empresas desse setor é investir em metodologias online, que possibilitarão ganho de escala e ampliação de suas ações de T&D.

Administração Pública

Junto com o setor de comércio, é o que menos investe em T&D, mas, por outro lado, representa empresas maiores e com ganho de escala. Sua prioridade de T&D são líderes e equipes do administrativo (back office) e seu principal indicador é de melhoria de processos. É o setor que menos avalia suas ações de T&D e o que mais utiliza recursos de EAD. Observamos como oportunidade, para esse setor, investir na operação e incluir a satisfação do cliente como indicador.

Principais Conteúdos para os Programas de Treinamento em 2020

Veja algumas opções de Palestras e Cursos sobre os temas que estão no Planejamento da maioria das empresas:

Conclusão

Mais um ano em que notamos as empresas otimizando e reduzindo seus investimentos em T&D. Uma redução pequena, mas constante. Isso nos mostra que T&D é uma realidade que já não oscila tão facilmente com a economia. Notamos que as empresas amadureceram em seu entendimento de que o desenvolvimento de pessoas é um diferencial competitivo e necessário em sua estratégia, e de que deve ser um projeto constante e contínuo. Notamos um leve enxugamento de equipe de T&D e, consequentemente, a otimização de processos, além de menores investimentos, este ano, em tecnologias para T&D. Notamos também que conteúdos de comunicação serão a prioridade para o próximo ano.

Links Importantes:

  1. Conheça os Programas de Desenvolvimento
  2. Baixe a Pesquisa Atual Completa em PDF
  3. Explore as Pesquisas de Anos Anteriores

Sobre o autor

Empresa voltada para o desenvolvimento e a gestão de pessoas. Nosso objetivo é prestar um serviço personalizado e sempre focado nas características, valores, missão e visão estratégica de cada cliente.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário