fbpx
(31) 3295-3425 (31) 99449-7090

Por que falar de Clima Organizacional e Inteligência Emocional? É no trabalho que boa parte da nossa vida acontece. Pelo menos um terço do nosso tempo é dedicado a questões relacionadas ao trabalho. Então, imagine se não tivermos um ambiente saudável e prazeroso nesse espaço onde passamos uma grande parte da nossa existência. Nossa vida seria muito desagradável não é mesmo? Por isso, precisamos dar uma atenção especial e constante ao Clima Organizacional e Inteligência Emocional. Um ambiente de trabalho ruim tem uma profunda repercussão negativa na nossa vida como um todo.

Estudos têm chamado cada vez mais a nossa atenção para o impacto que o Clima Organizacional exerce na saúde mental dos empregados.  De acordo com a OMS, problemas de saúde mental como depressão, ansiedade, abuso de substâncias e estresse são os mais frequentes e representam além dos custos, sofrimentos que não ficam só com os empregados afetados, afetam também os colegas, os familiares e a comunidade em geral.

Os principais fatores geradores desses problemas incluem carga de trabalho excessiva ou insuficiente, falta de participação e controle no local de trabalho, tarefas monótonas ou desagradáveis, ambiguidade ou conflito de papéis, falta de reconhecimento no trabalho, desigualdade, relacionamentos interpessoais ruins, condições de trabalho ruins, liderança e comunicação inadequadas e conflitos entre as demandas domésticas e de trabalho.

Mas, o que é Clima Organizacional?

Segundo Chiavenato (2006): clima organizacional constitui o meio interno de uma organização, a atmosfera psicológica e característica que existe em cada organização. O clima organizacional é o ambiente humano dentro do qual as pessoas de uma organização executam seu trabalho. O clima pode se referir ao ambiente dentro de um departamento, de uma fábrica ou de uma empresa inteira. O clima não pode ser tocado ou visualizado, mas pode ser percebido psicologicamente. (CHIAVENATO, 2006, p.273).

 Mullins (2001), também faz uma conceituação de clima organizacional: o clima organizacional caracteriza-se pela natureza da relação pessoal-organização e pela relação superior-subordinado. Essas relações são determinadas pelas interações entre as metas e objetivos, estrutura formal, processo de gestão, estilos de liderança e comportamento. (MULLINS, 2001, p.347).

Esses dois conceitos nos permitem perceber que o clima organizacional está diretamente interligado com a percepção que o trabalhador tem da empresa, da sua cultura e costumes, e essa percepção afeta o modo como ele vai agir de maneira positiva ou negativa dentro do seu ambiente de trabalho.

O que podemos fazer em relação ao Clima Organizacional?

Segundo Altmann (2000) a adoção de ferramentas de monitoramento do clima organizacional pode trazer diversos benefícios à organização tais como:

a) maior envolvimento dos funcionários com relação ao seu ambiente de trabalho, este envolvimento se reflete em maior satisfação, redução de ausências e melhoria de desempenho;

  b) a pesquisa de clima, realizada em datas pré-determinadas, permite a manifestação dos funcionários sobre o ambiente de trabalho, favorecendo a comunicação intraorganizacional e o suprimento de informações ao corpo gerencial;

  c)  oportunidade de comparação entre as características do ambiente de trabalho   da organização com o de outras organizações e;

  d)  proatividade da gerência, antecipando e solucionando problemas relativos aos funcionários, e ou, do ambiente de trabalho, prevenindo o surgimento de situações críticas que normalmente influenciam negativamente o fluxo normal de atividade das equipes.

E a inteligência emocional, como ela pode ser útil?

A excelente notícia é que o Clima e Organizacional e a Inteligência Emocional é uma receita factível. Pois, a Inteligência Emocional é uma competência e sendo assim ela pode ser aprendida e desenvolvida. Ao desenvolvermos a nossa Inteligência Emocional estaremos mais aptos para interpretar e vivenciar as situações cotidianas de forma mais equilibrada. Vamos poder gerenciar as nossas emoções e termos uma visão mais ampla e estratégica da realidade. Seremos capazes de tomar decisões mais acertadas e de desenvolvermos bons relacionamentos interpessoais.

Mas, vamos entender melhor o que é Inteligência Emocional

Inteligência emocional é a nossa capacidade de reconhecer e entender as emoções em nós mesmos e nos outros e usar essa capacidade para gerenciar os nossos comportamentos e os nossos relacionamentos. Ela influencia o modo como administramos o nosso comportamento, lidamos com as complexidades sociais e tomamos decisões pessoais para atingirmos resultados positivos.

A inteligência emocional é dividida em duas competências:

1 – A competência pessoal que é dividida em duas habilidades: auto consciência e autogestão.

2 – A Competência social que dividida em duas habilidades:  consciência social e gestão de relacionamentos.

As duas competências da inteligência emocional

  1. A competência pessoal: é a nossa capacidade de nos manter cientes das nossas emoções e de gerenciar o nosso comportamento e as nossas tendências.
  2. A competência social é nossa capacidade de reconhecer e entender nosso estado emocional, o comportamento e as motivações das outras pessoas para melhorar a qualidade dos nossos relacionamentos.

As quatro habilidades da Inteligência Emocional

  1. A habilidade de autoconsciência

           A autoconsciência é a nossa capacidade de notar as nossas próprias emoções quando elas surgem e conhecer as nossas tendências em diferentes situações.

          A autoconsciência inclui nos manter atentos ao modo como costumamos reagir a determinados eventos, dificuldades e pessoas. Para desenvolvermos a nossa autoconsciência, precisamos estar dispostos a tolerar a dificuldade de nos concentrar em sentimentos que podem ser desconfortáveis.

2. A habilidade de autogestão

A autogestão é a nossa capacidade de usar a conscientização das nossas emoções para nos manter flexíveis e direcionar o nosso comportamento de forma positiva. Isso inclui gerenciar as nossas reações emocionais a diferentes situações e pessoas.

3. A habilidade de consciência social

A consciência social é a nossa capacidade de reconhecer as emoções das outras pessoas e saber o que de fato o que está se passando com elas. Isso implica notar o que os outros estão pensando e sentindo mesmo quando não concordamos com eles. A escuta e a observação são os principais

4. A habilidade de gestão de relacionamentos

A gestão de relacionamentos é a nossa capacidade de usar a conscientização das nossas próprias emoções e das emoções das outras pessoas para gerenciar bem as nossas relações interpessoais. Isso garante uma comunicação clara e uma abordagem eficaz para os conflitos. A gestão de relacionamentos também inclui os vínculos que desenvolvemos com os outros ao longo do tempo. Quem sabe administrar bem os relacionamentos é capaz de ver os benefícios de formar vínculos com muitas pessoas diferentes mesmo sem gostar delas.

Algumas das contribuições da Inteligência Emocional no Clima Organizacional

  • Melhor gerenciamento dos conflitos e das pressões do dia a dia;
  • Estabelecer uma comunicação mais transparente e eficiente;
  • Evitar discussões e competições desnecessárias;
  • Controlar impulsos e canalizar as emoções;
  • Persistir diante de obstáculos e desafios;
  • Desenvolver e manter bons relacionamentos interpessoais,
  • Colaborar para um ambiente de trabalho mais integrado;
  • Tomar decisões com clareza, sem influência de sentimentos momentâneos;

E então, viram como o Clima Organizacional e a Inteligência Emocional é uma dupla poderosa? Um clima positivo no local de trabalho incentiva interações construtivas e cria uma cultura de confiança e compaixão. Positividade gera mais positividade. Confiança gera confiança. Pessoas felizes gera uma sociedade mais feliz.

CONHEÇA O NOSSO CURSO ONLINE: INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E GESTÃO DAS EMOÇÕES
Sobre o autor

Empresa voltada para o desenvolvimento e a gestão de pessoas. Nosso objetivo é prestar um serviço personalizado e sempre focado nas características, valores, missão e visão estratégica de cada cliente.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário

Programas de Desenvolvimento

Programa de Desenvolvimento de Líderes de Alta Performance

Quem Somos

A GPDH – Treinamento e Desenvolvimento é uma empresa voltada para o desenvolvimento e a gestão de pessoas. Nosso objetivo é prestar um serviço personalizado e sempre focado nas características, valores, missão e visão estratégica de cada cliente.