(31) 3295-3425 (31) 99449-7090
Trabalho remoto

As quatro maneiras de apoiar a sua equipe em trabalho remoto, vai ajudá-lo a oferecer aos seus colaboradores o apoio e a empatia que eles precisam nesses tempos difíceis e tensos.

Tivemos pouco mais de um ano para nos ajustar e adaptar às nossas atuais condições de trabalho. Embora tenha havido uma grande interrupção na forma como trabalhamos, aprendemos como fazê-lo em ambientes únicos e adaptamos nosso uso da tecnologia de acordo com as nossas necessidades. Imagine como teria sido difícil trabalhar em casa durante a pandemia sem a tecnologia que temos atualmente.

No entanto, ainda devemos considerar como vamos continuar apoiando nossos funcionários remotos. Provavelmente não estaremos prontos para voltar ao escritório em tempo integral por um tempo e, mesmo quando estivermos prontos, as condições de trabalho do futuro podem não ser as mesmas de antes da pandemia. Dada essa possibilidade, vale a pena discutir como podemos apoiar nossos colaboradores que estão trabalhando remotamente.

Então, quais ações você pode implementar para impulsionar o engajamento dos seus funcionários remotos?

Vejamos algumas possibilidades:

  1. Lembre-se da importância de uma comunicação mais frequente.

O “o bate-papo do escritório” não está mais disponível. Isso tem dois efeitos imediatos:

Uma importante fonte de informação e conhecimento foi perdida. Alguns funcionários podem sentir que não sabem mais o que está acontecendo ao seu redor.

Relacionamentos são mais difíceis de construir porque não podemos mais ter uma conversa rápida e casual. Alguns funcionários podem ter começado – ou já ter – perdido o sentimento de pertencer à equipe ou organização.

Enquanto trabalhavam no escritório, sempre foi fácil passarem pelo espaço de alguém e verem se eles estavam disponíveis para uma conversa. Hoje em dia, as conversas parecem mais formais porque sentimos que precisamos perguntar quando alguém tem tempo para conversar. Sua equipe pode sentir que está incomodando outras pessoas e, por isso, hesitar em se envolver com outras pessoas. Incentive-os a entrar em contato e conversar com seus colegas, especialmente quando seria mais fácil resolver o problema por meio de uma comunicação verbal em vez de uma série de e-mails.

Você também pode apoiar uma cultura de comunicação agendando conversas regulares com seus funcionários. Por exemplo, as reuniões water cooler são uma ótima maneira de obter uma conversa casual e um tempo de interação social integrado no dia de todos. Isso ajuda sua equipe a manter um senso de pertencimento, mesmo quando isolada em casa.

2) Evite microgerenciar sua equipe.

Todos nós podemos imaginar aquele gerente que estava espionando sua equipe, para se certificar de que eles estavam em seus escritórios e “parecendo ocupados” (mesmo que estivessem navegando nas redes sociais ou procurando um novo emprego). Os métodos de microgerenciamento são óbvios. Se você liga para seu funcionário a cada 30 minutos para ter certeza de que está trabalhando, ele já suspeita que você não confia nele. Se você instalou o software de rastreamento de seus computadores, acabou de remover todas as dúvidas.

Dê à sua equipe alguma liberdade para atingir seus objetivos. Se eles eram comprometidos no escritório, então é bem provável que eles continuem a atingir seus objetivos enquanto trabalham em casa.

3) Apoiar o novo equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Seguindo o ponto acima, precisamos reconhecer que a definição de equilíbrio entre vida pessoal e profissional é diferente em nossa situação atual. Durante a jornada de trabalho, os funcionários costumam ter outras coisas que precisam de sua atenção, como demandas de sua família e da vida doméstica.

Apoie seus funcionários, deixando-os saber que não há problema em cuidar de sua vida pessoal quando ela surgir, mas reconheça que eles ainda precisam atingir seus objetivos. Ajude-os a encontrar esse novo equilíbrio em suas vidas, fornecendo uma programação flexível e uma cultura que se concentra em alcançar objetivos (em vez do número de horas que passam no computador).

Além disso, pode ser difícil alternar entre as mentalidades de “trabalho” e “casa”, uma vez que não há mais uma transição natural (na forma de um deslocamento diário). Como resultado, pode ser mais difícil para sua equipe parar de pensar no trabalho durante a noite, mesmo quando sua atenção deveria estar voltada para a família ou interesses pessoais.

Incentive sua equipe a estabelecer rotinas com as quais eles começam e terminam o dia. Pode ser tão simples quanto fazer uma xícara de café para começar o dia e dar uma volta no quarteirão no final do dia. Não precisa ser complicado; em vez disso, só precisa ser o suficiente para significar o início e o fim do dia de trabalho.

4) Construir segurança psicológica.

Isso não é nada novo ou diferente de antes da pandemia: organizações que têm funcionários felizes e engajados são aquelas que constroem um senso de segurança psicológica e confiança dentro da equipe. No entanto, isso é mais importante do que nunca devido ao fato de que estamos constantemente navegando em tempos de mudança e incertezas.

E então, você já tem praticado o exposto acima? Se ainda não comece já! A sua equipe mais do que nunca precisa de você bastante sintonizado com ela.

Sobre o autor

Empresa voltada para o desenvolvimento e a gestão de pessoas. Nosso objetivo é prestar um serviço personalizado e sempre focado nas características, valores, missão e visão estratégica de cada cliente.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário